Área Restrita

Alunos de Sistemas de Informação desenvolvem aplicativo para cadeirantes de Porto Esperidião

11/07/2018
Notícias
Graduação

Os acadêmicos de Sistemas de Informação, sendo eles: Ananias de Souza; Bruno Navarro; Guiliano Fontes; desenvolveram o aplicativo Cidade Acessível para os cadeirantes de Porto Esperidião, orientados pelo Prof. Antônio Carlos, como trabalho de conclusão de curso. “O aplicativo está disponível para smartphones e tablets, com o objetivo de facilitar a locomoção, agilizar a procura de locais que possuam adequação e redução do constrangimento das pessoas com deficiência física do município de Porto Esperidião (MT)”, explicou o Prof. Antônio Carlos.

 

A acessibilidade é direito previsto na Lei 10.098 de 19 de dezembro de 2000, estabelecendo normas gerais e critérios básicos com a intenção de promover a acessibilidade, através da remoção de barreiras e obstáculos em espaços públicos, vias, mobiliário urbano, transporte e na construção e reforma de edifícios. “Porém, a realidade vivenciada pelas pessoas com deficiência motora é outra e, como forma de minimizar esta situação, como projeto piloto para conclusão de curso os alunos desenvolveram o aplicativo Cidade Acessível para smartphones e tablets, com o objetivo de facilitar a locomoção, agilizar a procura de locais que possuam adequação e redução do constrangimento das pessoas com deficiência física do município de Porto Esperidião (MT)”, relatou o orientador.

 

O aplicativo foi desenvolvido para dispositivos móveis com sistema Android. Durante o processo de desenvolvimento, os alunos conheceram o município e, por ser uma cidade do interior do estado com dimensão de área urbana menor, as possibilidades de catalogação de obstáculos e pontos de acessibilidade enfrentados por pessoas com deficiência são reduzidas, o que despertou ainda mais vontade em dar seguimento no projeto inicial.

 

A proposta agora é de finalizar o aplicativo para possibilitar a disponibilização gratuita para a população por meio da loja virtual de aplicativos. Este projeto, saindo do papel, demonstra o potencial dos alunos e do curso de sistemas de informação em aliar o desenvolvimento tecnológico em prol do bem-estar da população.

 

Fapan, transformando pela educação.

Veja Também

05/08/2013
Institucional

selecionados-em-lista-de-espera-do-prouni-tem-ate-o-dia-7-para-fazer-matricula

Na próxima semana será realizada convocação e matrículas. Começou na última sexta-feira (2) e vai até a próxima quinta-feira (7), o prazo para que os estudantes selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) façam a matrícula na instituição de ensino superior. Além disso, os estudantes deverão comprovar as informações prestadas no momento da inscrição. No dia 12, será feita a segunda convocação pelas instituições de ensino. Caberá ao estudante acompanhar o processo. O prazo para ratificação dos documentos e matrícula vai até o dia 15. O ProUni oferece bolsas em instituições particulares de ensino superior. Nesta edição,...

04/09/2015
Institucional

Gasto em educação pode ser mais eficiente, diz diretora do Banco Mundial

A diretora do Banco Mundial, Cláudia Costin, disse hoje (3) que o governo brasileiro poderia, a partir do ajuste fiscal, analisar a eficiência dos investimentos em educação. “Podemos aproveitar a crise para fazer um grande balanço de onde estamos gastando o dinheiro da educação. Muitas vezes se gasta mal o dinheiro na área", afirmou Cláudia Costin, que participou, nesta quinta-feira, no Rio, do Seminário Internacional Caminhos para a Qualidade da Educação Pública, promovido pelo Instituto Unibanco e a Folha de S.Paulo.

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem